Dignidade não-violenta?

Em tempo, Gustavo Mini compartilhou 198 (!) métodos não-violentos de protesto e persuasão originalmente compilados por Gene Sharp, que aliás é o personagem principal do documentário Como Começar uma Revolução.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s