Cabeça vazia, oficina do diabo?

“Cabeça vazia, oficina do diabo.” Vejamos.

Por cabeça, compreende-se mente, visto que cabeça sem mente serve, no máximo, como alimento para vermes. Por oficina, local de atividade. A palavra diabo informa negativamente, por convenção, o termo vazio. Em suma, a frase sugere que: Se sua mente não está fabricando ela é comandada pelo diabo.

Diabo, contam as fábulas, é uma encarnação do mal. Portanto: “Se sua mente não está em atividade ela é comandada pelo mal.”

Às falhas.

1)  Oficina

Mente é atividade: do pensar, do sentir, do perceber e do ser. É giral de identificações, imagens, ecos, sonhos, contos, memórias, raciocínios, esforços, sentimentos, pulsões, etc., etc.

Se cabeça vazia é oficina do mal, cabeça cheia é a oficina do bem? Será? Vide: a) destruição dos ecossistemas de suporte vital; b) degradação sistêmica do tecido social; c) precariedade da cultura; e d) pandemia de psicopatias.

Os fenômenos elencados acima, notoriamente deletérios, são abastecidos e agigantados pela… atividade mental. Portanto, faz mais sentido afirmar: “Cabeça em atividade, oficina do diabo.”

2) Vazio

Em física, vazio é termo que se aplica à ausência de matéria, campos e radiação. Aqui a atuação do tal diabo está grandemente dificultada: uma cabeça vazia, por definição, não contém objetos e, portanto, sujeitos. A rigor, uma mente vazia é imune a diabos: não sendo uma entidade, não pode ser encontrada.

O termo vazio ainda designa o que não tem existência autônoma. Considerando que o diabo depende de suas vítimas, pode ser afirmado como vazio.

3) Diabo

Por depender de vítimas, o diabo tem autonomia relativa.

Os demônios – se existem – dependem dos pensamentos, sensações, percepções e consciência de suas vítimas. Por sua vez, tais faculdades dependem de um suposto sujeito que se identifica com elas e diz: “Isso sou eu”, assim à vante, por todos os elos da cadeia.

Se há um diabo, esse depende da mente. Mas a mente depende de alguém que se reduza ao ponto de se identificar com a atividade. Se há algo temível, provavelmente é a ignorância acerca da sereia que é a mente.

A frase “Cabeça vazia, oficina do diabo” fica, assim, exorcizada.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s