Gene egoísta?

performance Pietro Roccasalva

“As ideias de Hamilton permanecem poderosamente influentes em nossa sociedade – acima de tudo, a ideia de que os seres humanos eram uma massa de  equipamento sem futuro controlada por programas escritos em seus códigos genéticos.  Mas, a questão é, nós abraçamos a ideia porque é confortável em um mundo onde tudo o que fazemos, seja bom ou mau, parece ter terríveis consequências imprevisíves? … Abraçamos uma filosofia fatalista de nós mesmos como máquinas de computação sem futuro tanto para nos justificar quanto para explicar nosso fracasso político de mudar o mundo.”

– Adam Curtis, em
All Watched Over by Machines of Loving Grace

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s