Intermissão

por Vajraclown

ilustração The Fox Is Black

Vajraclown: Levaremos nossa personalidade? Levaremos algo de nosso? Seremos aniquilados? O que será feito de nossos corpos? Quem pagará o funeral? O que iremos esquecer? Iremos apagar? O mito da morte. Boas vindas deste texto ao Senhor da Morte. Acusamos também a presença do vereador ahn…

Senhor da Morte: Nasci inevitável. Ali na sinfonia, nas unhas e cabelos, nas civilizações, no oxigênio dos humores. Sou cavalo de Tróia, admirado por religiosos, místicos, filósofos, políticos, marqueteiros, engenheiros, artistas, jardineiros, médicos, psicólogos, favelados, estudantes – lido com todos. Dizem que sou uma lição de terrorismo, ou de liberação. Lucram comigo em guerras e investigações. Tramam “problema” “oportunidade” em mim. Contam comigo para construir identidades e estabelecer domínios. Transmito dados, colho manifestos e abro caminho.  O Senhor da Morte alegra-se com os ditos dos humanos. E os cala. Tomo seus reis. Cruzo fronteiras e atravesso muralhas. Como dentes.  Tomam-me por argumento de venda? A todos presto socorro.

Vajraclown: O Senhor da Morte, live. O Senhor da Morte está em todas, senhoras e crianças, e a salvo de garantias! Terra, do you copy?

Terra: Meu nome não é Terra, mas é assim que os brasileiros me chamam. Sou Houna para os havaianos, e Ayé para o Yorùbá. Os franceses me chamam de Terre. Os montanheses da Virgínia Ocidental me chamam de Earth. Dünya é meu nome turco. Tero, em esperanto. Dhara, em sânscrito. Para o tâmil sou Bummi. Em mandarim, Digiu. Em japonês, Chikyuu. No Taiti sou Fenua. O zulu me chama de uMhlaba. O persa, de Zamin. Para o hebreu sou Eretez. Em grego, Gaea. Em basco, Lurra. Para o russo, sou Zemlja. O albanês me chama de Toka. Sou Maa para o finlandês e Papatuānuku para o maori. O tupi-guarani me chama de Ibi. Qual é o meu nome verdadeiro?

Os sumérios contam que fui criada do desmembramento de Tiamat. A Torá e a Bíblia atribuem minha gênese a Javé. Sou Geb, filho do Ar seco e do Ar úmido. Os gregos contam que nasci de Caos, enquanto os incas dizem que sou Pachamama, moradora em uma ilha habitada por um touro cujo mugido emite nuvens e tormentas. Sou Asase Yaa. Sou a ampla filha de Oduduwa. Fui jogada duma concha por Obatalá sobre a imensidão das águas. Do incomensurável Ginnunga viking fui criada pela interação do Fogo e do Gelo. Sou o fruto do pensamento de Tepeu e Gucumatz, as serpentes aladas dos apaches. Sou a propagação do lodo trazido à tona por Dayuni’si, o besouro aquático cherokee. Sou a filha da curiosidade de Izanagi e Izanami. Sou fruto de uma Grande Explosão, de Criadores e Criaturas, do Nada. Venho através do Suor, do Sangue e do Sêmem. Sou essa que saiu do Ovo, do Vazio, da Nebulosa…

Sou o terceiro mais próximo do Sol, o mais denso do Sistema Solar. Tenho girado muitas vezes congelada por quatro bilhões de anos. Sou a esfera da vida, a comunhão da terra, da água, do fogo e do espaço. Sou o lar para milhões de bilhões de terráqueos. Sou uma ilha no oceano lácteo. Sou pequeno e periférica, belo e improvável. Danço sobre meu próprio eixo.  Sou a morena azulada, atraente, magnética, misterioso. Sou o abismo do mundo, a rede que sustenta seu corpo. Onde pensa que estou? No seu prato. No ar que você respira. Estou em tudo o que produz. Estou na suas fezes, e nas asas de seus pássaros. Eu sou a base e o precipício de suas cidades. Eu sou sua estação espacial. Sou o sal e a substância que retoca sua vaidade. Sou uma festa para seus sentidos, o cálcio de seus ossos e o vermelho de seu sangue. Eu sou o Éden e a bomba-relógio. Eu sou o palco do mundo e seu ponto de corte. Filhos e filhas de minhas entranhas voltarão para o meu útero.

Vajraclown: Ow, man! M-Mother Nature, rápida e furiosa. Aproveitem o sol e até a próxima!

Anúncios

3 comentários sobre “Intermissão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s