Arte Jedi?

fotografia Bernie Boston

A força oponente requer outra força vindo, avançando, no sentido dela. Quando o oponente está se aproximando de você, quão mais perto chega, mais e mais ele espera encontrar outra força vindo na direção dele. Quando essa força não está lá de modo algum, ele simplesmente colapsa. Ele erra o alvo, colapsa, e toda a força dele torna-se auto-destrutiva. É como alguém tentando lutar contra suas alucinações: enquanto ele tenta golpeá-las com mais força, irá por si mesmo cair no chão. Essa é exatamente a questão: quando você não produz outra força raivosa, a força oponente colapsa. Isso também está conectado a como se lida com os próprios pensamentos na prática da meditação. Se você não tenta reprimir seus pensamentos, mas apenas aceitá-los e não se envolver com eles, então toda a estrutura dos pensamentos torna-se uma com você e não é mais perturbadora.

– Chögyam Trungpa, em
Smile at Fear

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s