Mantra?

com imagem de
Ivan Rodero

“A linguagem nas culturas de tradição oral tende a manter-se em sintonia com os ritmos e ressonâncias específicas da paisagem sonora local. É influenciada pelo canto dos pássaros e pela voz de outros animais, pelo silvo dos ventos através das árvores e pelos padrões específicos de luz e sombra que imperam na região. Para esses povos, a linguagem é um discurso ativo _um grito, uma canção e um suspiro. Falar é participar diretamente da vida dinâmica da Terra. No entanto, aqueles de nós nascidos nas sociedades alfabetizadas, intelectualizadas, tendem a supor que a linguagem é um atributo exclusivo do ser humano. Quando falamos, não sentimos que estamos participando de um mundo vivo maior ou conversando com ele, mas sim que estamos ‘representando’ o mundo, mantendo-nos separados dele, observando-o de fora. Em vez de nos unir ao mundo além-do-humano, a linguagem nos separa dele. Isso é uma maneira radicalmente distinta de experienciar a linguagem em relação ao uso que faziam dela os nossos ancestrais de cultura oral.”

– David Abram, via
O Blog das Perguntas

Anúncios

Um comentário sobre “Mantra?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s