A César o que é de César?

Nossos deputados e senadores aprovaram um polpudo aumento de seus salários, de mais de 60% a até mais de 130%. E como foram ágeis: a coisa toda se resolveu em três minutos! Pagaremos R$26 mil pratas/mês, no mínimo, a cada um deles. O valor é 20 vezes maior do que a renda média do brasileiro. Ganham mais do que os deputados da União Européia, dos Estados Unidos, Japão e Alemanha.

Os deputados federais Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e Rogério Marinho (PSDB-RN) votaram a favor. Além das 26 mil pratas mensais, nossos deputados ainda recebem uma ajudinha de custo (32 mil pratas/mês) e… ãn… décimo-quinto salário.

Efeito-cascata:

Inspirados, nossos deputados estaduais apressaram-se. Deram-se um aumento de 75%. Agora pagamos 20 mil/mês para cada um deles. E claro, nossos vereadores aproveitaram a esteira do auto-aumento.

Uma dica:

1% é a projeção do aumento real do salário mínimo para 2011. Quer que a gente desenhe?

E uma pergunta:

Por que não podemos dar um aumento de 60% a até mais de 130% aos professores?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s