Cíclica

Se pudermos deixar o conteúdo de nossas emoções para focar no processo emocional, o que poderíamos ver? Poderíamos ver incansáveis manifestações, que pipocam a qualquer tempo, sem distinguir etnia, tradição, gênero e classe.

Poderíamos ver que têm começo, meio e fim. Há alguém tão furioso que jamais possa serenar? Seria você essa pessoa? Os pensamentos, as concepções de mundo, nossas casas e amigos, têm começo, meio e fim.

Antes não estavam lá, mas de um jeito e outro fazem-se, ocupam-se e perduram, tingem o cenário e transformam-se até que parecem partir fluxo afora.

Há grandes ciclos na natureza. Detritos viram alimento e elementos químicos fluem pelas cadeias ecossistêmicas, sem respeitar fronteiras. Os ciclos revelam que a definição de fronteiras é quase sempre arbitrária.  Não há consenso sobre quando começa a vida, nem quando acaba.

Aprendendo com os ciclos naturais, notamos que são dinâmicos, isto é, que grandes blocos de gelo eterno derretem; que cadeias montanhosas esfarelam em praias; que a água servida em um copo está em trânsito.

Grandes blocos de gelo, cadeias montanhosas e a água têm uma herança comum: são compostos, como o corpo humano. Por isso, desmantelam-se para se reintegrar, para continuar através dos ares e oceanos, pelas praias e copos.

A realidade é dinâmica, mesmo quando parece estagnada. Há pontos de mutação e saltos quânticos apenas esperando massa crítica para emergir e provocar, como ondas sísmicas e reviravoltas no reino das estações.

Num mundo em transformação nossas tentativas de controle só nos frustram porque insistem em esquecer o dinamismo e a imprevisibilidade. Nossas categorias não são páreo para a flexibilidade da teia da vida e da morte.

Anúncios

Um comentário sobre “Cíclica

  1. Esse texto é um ufa! Um salve ao tempo e sua composição bem ajustada! Muito grata pela oportunidade de ler seus escritos… Comunicam e reverberam em Terras Paulistas! Um abraço! Grata!
    Janaína.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s