Mais do que mais um dia

Nesse momento, nossa atenção volta-se para o Haiti. Não o Haiti real, mas o Haiti histórico, o Haiti projetado. Voltamos a atenção para as pessoas que estão agora no Haiti, no terço ocidental da Ilha de São Domingos, e fora dele.

Entramos em contato com a destruição, com suas causas e com seus efeitos sobre nós. As causas da destruição estariam apenas no terremoto de grande magnitude que abalou a ilha? Quando observamos a destruição, revelam-se quaisquer oportunidades criativas? Entre os efeitos da destruição, há alguma revelação sobre a natureza de nossos corações?

Voltamo-nos para o aumento da violência entre aqueles haitianos que não têm comida, água e abrigo. O que a escalada de saques e disputas revela sobre nós? Em meio ao caos, o que a ajuda humanitária voluntária sugere? Na mais nova longa noite haitiana resplandece alguma luz?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s